Interpretação e confirmação dos testes de triagem para anticorpos anti-HCV

|IMUNOLOGIA|


GENERALIDADES


A investigação laboratorial da infecção pelo vírus da Hepatite C (HCV) inicia com a triagem de anticorpos anti-HCV por imunoensaio. A introdução de imunoensaios de terceira geração, altamente sensíveis e específicos, melhorou a sensibilidade de detecção de anticorpos anti-HCV. Entretanto, a acurácia desses imunoensaios em detectar indivíduos com a infecção pelo HCV varia com a prevalência da infecção na população avaliada: em indivíduos com evidência de doença hepática, o valor preditivo de um resultado positivo é alto; em populações com baixa prevalência para a infecção (menor 10%)a freqüência de resultados falso-positivos é elevada. Nessas populações, a freqüência média de resultados falso-positivos, segundo estudos realizados pelo Centers for Disease Control (CDC) é de 35% (15-60%). Nesse contexto, o CDC elaborou, e publicou em suas diretrizes, recomendações para a interpretação e confirmação dos testes de triagem para anticorpos anti-HCV.


PESQUISA DE ANTICORPOS ANTI-HCV


O CDC, desde suas diretrizes iniciais publicadas na década de 90, recomenda que todo o teste de triagem com resultado reagente seja confirmado por um teste sorológico mais específico (imunoblot recombinante -RIBA®) ou pela pesquisa do RNA viral por metodologia molecular, denominados de testes suplementares. Com o objetivo de otimizar o uso desses testes, o CDC propõe, em suas diretrizes publicadas em 2003, a opção de valorizar a razão obtida entre o valor quantitativo da amostra reagente (S) no teste de triagem e o valor de corte para este teste (Co; valor a partir do qual uma amostra é considerada reagente pelo fabricante) como critério para a indicação da necessidade de realização de testes suplementares.

Segundo essas diretrizes, baseadas em um estudo realizado com 1326 amostras reagentes para anti-HCV por metodologia quimioluminescente, amostras reagentes com razão S/Co menor que 8,0, indicadas como de baixa razão, requerem a realização de testes suplementares para a confirmação do resultado; amostras reagentes com alta razão S/Co (maior que 8,0) refletem um resultado verdadeiramente positivo em mais de 95% dos casos, independentemente da prevalência e da população avaliada.

Com a finalidade de determinar a razão S/Co associada à presença de RNA viral do HCV (RNA/HCV) em nosso laboratório, comparamos as razões S/Co de 288 amostras reagentes para anti-HCV, analisadas pelo mesmo teste quimioluminescente utilizado pelo CDC, com os resultados da pesquisa do RNA/HCV.

Nossos resultados mostraram que a totalidade das amostras com S/Co menor que 5,0 e 80% das amostras com S/Co entre 5,0 e 18,0 tinham resultado de RNA/HCV negativo e que amostras com S/Co maior que 18,0 foram capazes de predizer, com uma sensibilidade de 94%, a presença do RNA/HCV.

Um estudo semelhante realizado em 372 amostras, utilizando o mesmo teste de triagem e os dois testes suplementares (RNA/HCV e RIBA®), demonstrou que mais de 99% das amostras com S/Co menor que 5,0 não estavam associadas com evidência clínica ou laboratorial de infecção pelo vírus da Hepatite C.

Baseado nesses dados, optamos por informar os resultados do teste de triagem como o indicado a seguir:



Os testes suplementares são recomendados em nossos laudos, a critério clínico, para a confirmação de resultados inconclusivos na persistência da suspeita clínica e laboratorial de infecção, para a confirmação de resultados fracamente reagentes e, para resultados reagentes na ausência de evidências de infecção pelo vírus da hepatite C.

Atualmente, o teste suplementar de eleição em nosso meio, baseado na relação custo-beneficio, é a pesquisa do RNA viral do HCV. Se positiva, indica a presença do RNA/HCV e confirma a presença de infecção por HCV; se negativa, é recomendável uma avaliação adicional com imunoblot recombinante (RIBA®), para esclarecimento do resultado da triagem sorológica. O quadro a seguir mostra a interpretação dos resultados dos testes suplementares para a infecção por HCV.

Resultado do Teste

Suplementar

Interpretação

RNA/HCV

RIBA®

Positivo

-

Infecção ativa por HCV

Negativo

Positivo

Infecção passada ou presente por HCV;

um único resultado de RNA/HCV negativo não descarta infecção ativa.

Negativo

Negativo

Ausência de infecção por HCV, exceto na suspeita ou evidência de infecção recente (período de janela imunológica de 20 dias para o RNA/HCV).

Negativo

Indeterminado

Provável anti-HCV falso-positivo indicando ausência de infecção por HCV. A repetição do teste de triagem em 30 a 60 dias é recomendado.


A adoção do uso da razão S/Co para a interpretação do teste de triagem para HCV otimiza a utilização dos testes suplementares, racionalizando recursos e minimizando o impacto de um resultado inicial falso-positivo frente a uma doença de notificação compulsória.
___________________________________________________________

LEITURAS SUGERIDAS

1) Centers for Disease Control and Prevention. Guidelines for laboratory testing and result reporting of antibody to hepatitis C virus. Morb.Mortal.Wkly Rep. 52(RR3):1-13, 2003.
Disponível em: http://www.cdc.gov/mmwr/PDF/rr/rr5203.pdf Acessado em Novembro, 2007.

2) Dufour RD, Talastas M, Fernandez M, Harris B, Strader D, Seeff L. Low-positive anti-hepatitis C virus enzyme immunoassay results: an important predictor of low likelihood of hepatitis C infection. Clin Chem 49: 479 – 486, 2003.
Disponível em: http://www.clinchem.org/cgi/content/full/49/3/479 Acessado em Novembro, 2007.

3) Oethinger M, Mayo DR, Falcone J, Barua PK, Griffith B. Efficiency of the Ortho Vitros assay for detection of hepatitis C virus-specific antibodies increased by elimination of suplemental testing of samples with very low sample-to-cutoff ratios. J Clin Microbiol. 43(5): 2477-2480, 2005.
Disponível em: http://jcm.asm.org/cgi/content/full/43/5/2477. Acessado em Novembro, 2007.
___________________________________________________________

Autores:
Rejane Maria Oravec
Contato: roravec@weinmann.com.br

Data: Novembro/Dezembro 2007
___________________________________________________________