Análise do perfil das candidemias no Hospital Moinhos de Vento, Porto Alegre, RS

INTRODUÇÃO

O Hospital Moinhos de Vento é uma instituição privada, com a preocupação constante em oferecer os melhores profissionais, serviços e resultados que tragam satisfação a todos seus clientes.

Nesta busca constante de novas drogas, intervenções cirúrgicas de maior complexidade como: transplantes de órgãos ou implantações de próteses, unidades de terapia intensiva com equipe multidisciplinar altamente qualificada, as Candida spp vêm ganhando importância crescente como agentes de infeccções nosocomias.

OBJETIVO

Analisar o perfil obtido das Candida albicans e Candida não albicans em hemoculturas positivas no período de 2003 a 2006.

MATERIAIS E MÉTODOS

Realizou-se um estudo retrospectivo com levantamento de dados das Candida spp em 125 hemoculturas positivas dos pacientes internados no período de 2003 a 2006 do Hospital Moinhos de Vento. Todas as hemoculturas foram identificas no setor de microbiologia do Weinmann Laborátorio. Os isolados foram obtidas a partir do crescimento das frascos de hemocultura do sistema BactAlert (Biomerieux) e após crescimento, em ágar sangue de carneiro, foram identificadas pelo cartão YBC no sistema Vitek (BioMerieux).

RESULTADOS




Figura 1


Figura 2

Foram analisadas 125 amostras de hemoculturas positivas para Candidas spp. de pacientes internados no Hospital Moinhos de Vento no período de 2003 à 2006 onde obteve-se: 37% Candida albicans e 63% de Candidas não-albicans. e Candida spp. (figura 1). As espécies de Candida encontradas no período estão descritas na figura 2.

CONCLUSÕES

O uso profilático dos antifúngicos é sério agravante ao número crescente de isolados de Candidas não albicans nos hospitais, confirmando os resultado obtidos.

Hoje a perfeita identificação do gênero e da espécie é fundamental para a escolha do antifúngico. As espécie de Candida apresentam diferentes atividades frentes aos tipos de antifúngicos. Por isto é urgente padronização destes por parte do CLSI (Clinical and Laboratory Standards Institute) para que os laboratórios de microbiologia possam liberar resultados fidedignos que diminuam o tempo de internação do paciente e os riscos desta permanência.

AUTORIA

BRODT, T.C.Z., CAVALCANTE,B., SECCHI,C., CANTARELLI,V., INAMINE,E., VILLAR,M.
Weinmann Laboratório - Porto Alegre,RS
tbrodt@weinmann.com.br